HMS 2007 – Versão portuguesa MMPT simplificada adaptada para Micromagic

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

HMS 2007 – Versão portuguesa MMPT simplificada adaptada para Micromagic

Mensagem por Admin em Qua Jan 19 2011, 01:34

Apesar de já termos usado o sistema de frotas HMS algumas vezes em Portugal nas provas de Micromagic nota-se ainda em cada prova algum desconhecimento de alguns aspectos do funcionamento deste sistema por parte de uma grande parte da frota. A este facto não é alheio o facto de não existir até agora qualquer texto descritivo do HMS em português.
Tornou-se assim imperativo dotar a frota portuguesa de informação em português sobre um sistema que apesar de simples, tem alguns detalhes importantes.

Ao invés de uma simples tradução do Inglês optou-se por fazer uma versão simplificada devidamente adaptada à realidade internacional dos Micromagics.

Em anexo podem ver de qualquer forma a versão original em inglês, sem essas adaptações e em alguns casos simplificações. Uma das partes importantes no texto original, em inglês, que não consta nesta versão portuguesa são os chamados "Conselhos aos velejadores e Comissão de Regata". È aconselhado a quem se interesse por este tema e tenha bons conhecimentos de inglês ler essa parte no texto original.

Segue então abaixo a Versão portuguesa MMPT simplificada adaptada para Micromagic


1. Procedimentos Gerais que se aplicam a todas as regatas

1.1 Número e tamanho das frotas
1.1.1 O número de barcos escalados para correr numa frota não pode exceder os 20 – nas provas MMPT esse número pode ser estendido a 24, caso as condições da prova assim o permitam de forma a evitar o aumento de número de frotas.
1.1.2 Quando um número suficiente de barcos se retire, regresse à prova ou as condições mudem durante uma prova a comissão de Regatas pode alterar o tamanho das frotas e/ou o número de frotas por regata. Essa alteração será anunciada antes do começo da regata em questão

1.2 Ordem das Frotas
1.2.1 Em cada regata as frotas competem por ordem inversa da alfabética. ( D – C –B –A)

1.3 Barcos Retirados
1.3.1 Um barco é retirado dos escalados para correr pela comissão de regata caso tenha a classificação DNC na frota mais baixa ou quando chega à frota mais baixa depois de ter tido um resultado de DNC na frota imediatamente acima na regata anterior.
1.3.2 Um barco retirado tem a classificação de DNC
1.3.3 Um barco retirado pode obter permissão para correr da parte da Comissão de Regata que o adiciona aos barcos escalados para correr na frota mais baixa. Após obter permissão pode regressar à competição em qualquer momento.

1.4 Protestos
1.4.1 Nos Micromagics um caso deve ser tratado logo na água pela Comissão de Regatas/Parents. Caso a disputa continue após a regata a Comissão de Regata/Parents deve resolvê-la antes do inicio da regata seguinte.

1.5 Pedidos de Reparação – Não se aplicam nos Micromagics.

1.6 Excepção ás regras de regata no desempate pontual de barcos
1.6.1 Quando um empate entre dois ou mais barcos pode ser quebrado com os resultados da regata 2 e seguintes, os resultados da regata 1 são excluídos como factor de desempate.


2 Procedimentos que se aplicam à Regata 1

2.1 Divisão dos participantes
2.1.1 A prova começa com uma regata em que todos os barcos da prova são divididos por frotas de tamanho semelhante. Os participantes devem ser distribuídos pelas frotas, de acordo com a sua habilidade, de forma equilibrada, gerando frotas com barcos de habilidade variada.

2.2 Tempo limite para completar a regata.
2.2.1 Como excepção ás instruções de regata, apenas na Regata 1, não existe tempo limite para cortar a linha de chegada. A todos os barcos deve ser permitido que cheguem ao fim desde que tenham largado antes do primeiro barco ter chegado.

2.3 Ordem de chegada na Regata 1
2.3.1 Cada frota deve ser tratada como uma regata separada. Os lugares de chegada devem ser alterados de forma a que os barcos classificados como DNF, RAF, OCS, DNS, DNC, BFD, DSQ, DNE, DGM sejam classificados por esta ordem no fim da classificação. A ordem de chegada deve estar de acordo com as RRV A6.

2.4 Classificação da Regata 1
2.4.1 A Classificação deve ser dada de acordo com as “RRV A4 Sistema de pontuação baixa” com excepção de RRV A4.2 que é substituído por “Todos os outros barcos são classificados com mais um ponto que o número de barcos escalados para correr na frota maior da Regata 1”.

3 Procedimentos que se aplicam após a Regata 1

3.1 Divisão dos barcos para a Regata 2
3.1.1 As classificações das frotas na regata 1 são usadas para criar uma ordem de chegada de todos os barcos onde estão primeiro os vencedores, depois os segundos classificados, terceiros classificados e seguintes da mesma forma. Essa ordem de chegada é dividida em várias frotas.

3.2 Promoção para a regata 2
3.2.1 Com excepção da Frota A, os 4 barcos melhor classificados em cada frota correrão na frota acima.

3.3 Ordem de chegada para a próxima Regata
3.3.1 A ordem dos lugares de chegada desde o primeiro barco da frota A até ao último barco da frota mais baixa são modificados da seguinte forma.
3.3.1.1 O lugar de chegada de um barco promovido numa frota mais baixa da mesma regata é ignorado.
3.3.1.2 Os barcos com a classificação de DNF, RAF, OCS, DNS, BFD, DSQ,DNE ou DGM serão classificados por esta ordem nos lugares mais baixos da frota em que estavam escalados para correr.
3.3.1.3 Todos os outros barcos serão colocados por ordem consecutiva na frota em que estavam escalados para correr de acordo com os seus lugares de chegada.
3.3.1.4 Os lugares de chegada de cada barco devem estar de acordo com as RRV A6 apenas em cada frota

3.4 Pontuação da Regata 2 e seguintes
3.4.1 A pontuação é dada pela ordem de chegada de cada regata usando as “RRV A4 Sistema de pontuação baixa”, excepto “RRV A4.2” que é substituído por:
3.4.1.1 Barcos classificados como DNF, RAF, OCS, DNS ou DNC são pontuados com mais um ponto do que a pontuação que teria o último barco dessa frota caso todos os barcos tivessem chegado normalmente.
3.4.1.2 Barcos que não estão a competir (DNC) que não estão a ser escalados para correr e barcos com a classificação de BFD, DSQ, DNEm DGM serão pontuados com mais um ponto da classificação que teria o último barco da frota mais baixa caso todos os barcos tivessem chegado normalmente.

3.5 Divisão dos participantes para a Regata 3 e seguintes
3.5.1 Os barcos serão divididos de acordo com os seus lugares de chegada na regata anterior.

3.6 Barcos promovidos na regata 3 e seguintes
3.6.1 Excepto na Frota A, os n primeiros barcos de uma frota são escalados para correr imediatamente na frota acima sendo n o número de barcos a promover. O número de barcos a promover pode ser 4 ou 6. Geralmente nas provas de Micromagics o número de barcos a promover na terceira regata e seguintes são 6.


Anexos
HMS07.pdf Você não tem permissão para fazer download dos arquivos anexados.(205 Kb) Baixado 24 vez(es)

_________________ MicroMagic PT
De MicromagicPT

Admin
Admin

Mensagens : 71
Data de inscrição : 19/09/2010

Ver perfil do usuário http://micromagicpt.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum